10 passos para organizar o casamento de sonho 6

A maioria das mulheres sonha desde pequena com o dia do seu casamento mas quando chega realmente a altura, a tendência é para entrar em pânico e começar que nem loucas com os preparativos. Durante um ano esquecem que era um sonho para ser aproveitado nos meses que o antecedem e no próprio dia.

O artigo de hoje, escrito pela nossa amiga Rute, descreve 10 passos para organizar o casamento de sonho e  pretende dar umas dicas para quem vai dar este passo, de modo a ajudar nos preparativos, a reduzir o pânico e acima de tudo para viverem o Grande Dia sem stress!

 

10. O Bouquet

bouquetO bouquet pode parecer um tema simples, mas também tem os seus “quid pro quo”. A noiva, quando estiver a escolher as flores deve ter em atenção as cores que vai usar e as cores da decoração, para não levar um bouquet que não combine com absolutamente mais nada na festa! Outra questão muito importante, o tamanho do bouquet deve ter em conta a altura da noiva. Se a noiva for baixa, o bouquet não pode ser muito comprido nem ter um diâmetro demasiado largo e vice-versa. Hoje em dia, existem bouquets originais. Mais uma vez as wedding planners têm os melhores contactos em termos de floristas e ideias muito originais. Eu vi bouquets em forma de clucht,  compridos e estreitos, os tradicionais redondos, com cristais… Quando o mandarem fazer, peçam para ver trabalhos anteriores e levem fotos do que querem e das flores e cores, para não terem uma surpresa menos agradável no dia. Uma ideia que vos pode ajudar a personalizar o vosso bouquet é utilizar tecido do vestido de noiva e coloca-lo no bouquet.

9. Lembranças

lembrancasAs lembranças nos casamentos viraram moda, sem que ninguém saiba muito bem porquê. A história das lembranças remonta à velha Europa Medieval, onde um bombom de amêndoas decorado com açúcar (ou outro doce) era dado em agradecimento à presença dos convidados e para dar sorte no casamento. Hoje em dia, as lembranças foram mudando e deixaram de ser um doce para passar a ser uma foto dos noivos, um cd com fotos e/ou músicas dos noivos, um saquinho de pot-pourri, entre outras. A minha opinião em relação a este tema, e pensando como convidada, acho que as lembranças fazem sentido se forem úteis. Receber algo que não vamos usar e vamos guardar numa gaveta como recordação, não faz sentido: os noivos gastam dinheiro e os convidados não dão grande importância!

8. Decoração e Tema

decoraçãoHoje em dia ter um tema no casamento é quase uma regra. O tema normalmente refere-se a algo que seja comum aos noivos enquanto casal, no entanto se não tiverem um tema que faça sentido como tema do casamento, não desesperem! O tema pode ser simplesmente festejar o vosso amor. O tema e a decoração acabam por estar interligados de alguma forma. A decoração deve ter apontamentos para o tema, assim como o aspecto gráfico do casamento: identificadores de mesa, convites e ementas. A decoração pode ter apontamentos de cor: ser toda branca, minimalista, rústica, mistura de rústico com o moderno. Caso tenham uma wedding planner, é uma grande ajuda para a decoração e todo o aspecto gráfico e do tema; caso não tenham e seja o espaço do copo d’água a fornecer, discutam com eles o que pretendem.Tudo depende do que vocês, noivos, gostam! Aqui ficam algumas ideias de possíveis temas: músicas anos 80, castas de vinhos, viagens do casal, marcas de moda, família… e tantos outros!!! Toca a pôr a imaginação a funcionar.

7. Convites

conviteOs convites devem lançar dicas do tema do vosso casamento, mas ao mesmo tempo manter algum suspense!!! Existem inúmeros formatos, cores, tipos de letra, com/sem apontamentos decorativos… É só escolher! A regra de etiqueta diz que devem ser entregues aos vossos convidados com dois meses de antecedência em relação à data do casamento. Se necessitam de uma data para confirmação do número de convidados no local do copo d’água, então aconselho colocarem uma data para confirmação no convite que seja 15 dias anterior à data limite. Outro conselho, a hora da cerimónia indicada no convite deve ser meia hora antes em relação à hora efectiva. Os convidados gostam de assistir à cerimónia, mas como bons portugueses acabam sempre por se atrasar; colocando a meia hora de tolerância evita-se que alguém perca o grande momento. Quanto a locais onde podem mandar fazer os vossos convites, uma boa solução são as wedding planners que têm este serviço, separado dos restantes serviços e em termos de originalidade são top!

6. Maquilhagem

maquilhagemEste é o tema que apenas é necessário pensar depois de se ter decidido qual o Vestido. O meu conselho é falarem com a vossa cabeleireira e maquilhadora habitual, caso tenha experiência no tema, uma vez que é importante confiarem na pessoa que vos vai pentear e maquilhar no dia e é importante essa pessoa conhecer o vosso estilo e o vosso gosto. No caso do sitio onde normalmente vão não ser adequado para o dia do casamento, então devem escolher o sitio e após a escolha do vestido irem a esse sitio e falarem com a pessoa em questão. A partir desta data devem tratar do vosso cabelo e pele neste sitio, assim ganham confiança e mostram o vosso estilo. É obrigatório fazer várias provas de penteados e de maquilhagem. Nestas provas tirem fotos e mostrem às vossas amigas e/ou madrinhas mais íntimas. A opinião delas é importante. Podem arrojar na maquilhagem e na cor das unhas, os tons pastel já não são obrigatórios!

5. O vestido

vestidoO Vestido de Noiva é um dos principais temas que a noiva se dedica desde o momento zero! A escolha do vestido pode ser bem divertida, desde que levada com descontracção e sem stress. Existem no mercado imensas casas de vestidos de noiva com renome que quase todas as mulheres já ouviram falar. O importante a reter: necessário marcação para provar vestidos e descontracção! O Vestido tem de ser “a nossa cara” seja ele: repolho, sereia, jumpsuit, clássico, arrojado, cai-cai, renda, com cauda, sem cauda, curtos, compridos… Existem inúmeras possibilidades. Acima de tudo, a noiva tem de se identificar com a sua escolha!Para quem não quer gastar uma fortuna, porque sim ainda custa algum dinheiro comprar um vestido de noiva, agora existe o conceito de aluguer dos estilistas mais conceituados do mundo e já existe em Portugal. Para as diferentes provas que tal levar as amigas mais íntimas e/ou madrinhas? Ajudam na decisão mas não devem influenciar a escolha da Noiva! O Vestido é dela e é ela que o vai usar durante um dia inteiro perante uma legião de convidados.

4. Cerimónia

cerimoniaIgreja ou Civil? Aqui cada casal decidirá de acordo com o que se identifica. Em ambos os casos há aspectos a considerar e que levam o seu tempo. No caso de uma cerimónia pelo Civil e onde os noivos pretendem que o conservador se desloque até ao sitio onde será realizado o copo de água, necessitam de iniciar o processo numa conservatória perto da residência, onde indicam o dia, hora e local do casamento para posteriormente entrarem em contacto com o conservador e definir toda a cerimónia. Aqui podem pôr a vossa imaginação a funcionar – hoje em dia já são bastante flexíveis!!!
No caso da cerimónia pela Igreja, os noivos necessitam de falar com o Padre com alguma antecedência caso se trate de uma Igreja com muita afluência e aqui não devem esquecer que necessitam de disponibilidade para os cursos pré-nupciais que têm uma duração de um mês ou de um fim de semana intensivo.

3. Fotografia e Vídeo

fotografoFotos e vídeo? Só fotos? E que fotógrafo? Estas são algumas das questões que surgem quando chegamos à parte de decidir como queremos registar o Grande Dia! Este é um tema difícil de decidir! Se tiverem referências de alguns fotógrafos, comecem por aí, senão no mercado existem imensos fotógrafos, basta fazer uma pesquisa na Internet e surgem centenas de sites. Convém verem sempre o trabalho dos fotógrafos ao vivo e não basear a vossa escolha nas fotos dos sites, porque estas já tiveram tratamento!
Quanto à questão de foto e vídeo ou só foto ou só vídeo, depende muito do vosso gosto e do que pretendem. Hoje em dia os fotógrafos usam muito a foto-reportagem, o que faz com que os momentos sejam todos registados de forma natural, sem poses e afins. O vídeo, se for feito de forma discreta para não intimidar os convidados, é sempre um registo extra dos momentos. O importante é que fiquem com o registo do Vosso Dia!

2. Copo d’ Água

copodaguaO local do Copo d’Água deve ser tratado com antecedência (mínimo 9 meses antes). Hoje em dia, existem espaços que são reservados com um ano, ano e meio de antecedência. Para a escolha do espaço devem ter em atenção o número aproximado de convidados, a hora do casamento e se pretendem que a festa dure até tarde, e o tipo de espaço que procuram: moderno, minimalista, rústico. As escolhas são inúmeras mas tenham em atenção que perdem dias a visitar os diferentes espaços. Para vos ajudar, devem primeiro ver no site dos espaços as fotos e os que vos agradar fazer uma marcação de visita. Um conselho: os espaços que gostarem façam uma pré-reserva, não necessita de sinal e permite-vos visitar outros espaços até tomarem a decisão final. Quando encontrarem o Vosso Espaço, não hesitem e reservem logo, não vale a pena continuar a procurar!

1. Wedding planner: Sim ou Não?

wedding_plannerNo momento em que se decide dar o grande passo de casar, este é para mim o primeiro ponto a considerar: ter ou não ter uma wedding planner. Da minha experiência pessoal, é bastante compensador ter alguém com experiência no tema ao nosso lado para nos ajudar nas decisões. Os serviços de uma wedding planner não são caríssimos como se pensa e os noivos continuam a planear o casamento à sua medida, tendo a vantagem de ter ao seu lado alguém que os orienta sobre os diversos temas: catering, quintas, convites, lojas de vestidos, bouquet, fotógrafos…O melhor e mais gratificante é que no grande dia não há necessidade de preocupação em relação a nada, a wedding planner está lá e orienta tudo. Os noivos apenas têm de se divertir e aproveitar o tão esperado Dia!

 

A Delica10as desta semana foi escrito pela nossa amiga Rute que casou há oito meses e ainda tem bem frescos os 10 principais temas a considerar para o Grande dia. A Rute é consultora informática e como tal o tempo que tinha para preparar todo o casamento não era abundante, entre projectos informáticos e reuniões de maquetes de convites, a correria foi grande mas com ajuda de uma wedding planner e do noivo tudo correu como planeado!

 

 

Artigos Relacionados:

10 ideias da ficção científica que se tornaram realidade
Os 10 Essenciais da Maquilhagem
10 computadores mais carismáticos
10 razões para comprar um Samsung de topo

6 comentários a “10 passos para organizar o casamento de sonho”

  1. […] dos 10 essenciais da maquilhagem, e dos 10 passos para organizar um casamento de sonho, o artigo de hoje é escrito pela Marta, autora do blog Post-it Amarelo, e nada mais sério do que […]

  2. cv love diz:

    As Visi Vici, faz qualquer casamento um sonho! E sonhar de olhos abertos e tudo pensado nos noivos. =D Recomendo

  3. cv love diz:

    Ter Wedding planner é dormir muito descansada. Eu adorei ter no meu casamento. Não podiam ser mais queridas e atenciosas! =DD

  4. Rute diz:

    Olá Miss Shoes,

    Podes cuscar a página da Visi Vici, que foi a wedding planner que nos ajudou na organização do nosso casamento e ficámos mto contentes com o trabalho de toda a equipa!
    bjs

  5. Miss Shoes diz:

    Estou rendida, vou querer um wedding planner se alguma vez ouvir a perguntinha mágica! 😀

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

404