10 Serras de Portugal

Apesar de Portugal não ser um país especialmente acidentado, o certo é que planícies só no Alentejo. Por todo o país existem serras com belezas naturais de tirar a respiração e que caracterizam a paisagem de muitas regiões. Neste artigo seleccionámos as que para nós são as 10 Serras de Portugal que não podem deixar de visitar!

 

10. Serra da Arrábida

arrabidaA Serra da Arrábida fica situada na margem norte do estuário do Rio Sado com o ponto mais alto a 501 metros de altitude e características peculiares de clima e flora. Esconde nas suas encostas o Convento da Nossa Senhora da Arrábida entre as árvores da vertente sul serra, virada para o mar. O seu clima é temperado mediterrânico, apresentando uma flora rica em espécies mediterrânicas, tais como a azinheira, sobreiro, carvalho. É paisagem de fundo das fantásticas praias da Península de Setúbal, das mais bonitas de Portugal.

9. Serra de Sintra

SintraA Serra de Sintra é o prolongamento da cordilheira da Serra da Estrela, que termina no Cabo da Roca. Mede cerca de 10 quilómetros de Leste a Oeste e aproximadamente 5 km de largura, tendo o seu maior pico uma altitude de 529 metros, na Cruz Alta.O seu clima é temperado com bastantes influências oceânicas, apresentando por isso uma pluviosidade superior em relação à restante área da Grande Lisboa. Tendo vários pontos turísticos nas suas encostas (o Castelo dos Mouros, o Palácio da Pena, o Convento dos Capuchos, o Palácio Nacional de Sintra, o Palácio de Monserrate e a Quinta da Regaleira) é também é muito procurada por praticantes de escalada e montanhismo, já que as escarpas estão, na maioria, orientadas a Oeste, o que aumenta o tempo de luz em tardes de Verão.

8. Serra do Caldeirão

caldeiraoMarca a fronteira entre o Litoral e o Barrocal algarvios e as planícies do Baixo Alentejo. O seu ponto mais alto localiza-se no Algarve (Pelados 589 m – Cavalos do Caldeirão – Loulé), sendo o Mú (São Barnabé – Almodôvar) o 2º ponto mais alto com 577 m. Apesar da sua modesta altitude, forma uma paisagem muito peculiar, onde elevações arredondadas, são cortadas por uma densa rede hidrográfica, constituída na sua maior parte por cursos de água temporários.

7. Serra do Marão

Serra-do-MaraoA Serra do Marão é a sexta maior elevação de Portugal Continental, com 1415 m de altitude e 689 m de proeminência topográfica. Situa-se na região de transição do Douro Litoral para Trás os Montes e Alto Douro. No ponto mais alto encontra-se o vértice geodésico do Marão e o Observatório Astronómico do Marão. A vinha é a cultura dominante nas zonas habitadas das suas encostas meridionais. Ao longo da serra encontram-se diversas instalações abandonadas da exploração de minas de volfrâmio que tiveram o seu auge nos tempos da Segunda Guerra Mundial.

6. Serra de Monchique

monchiqueA Serra de Monchique encontra-se no Algarve e oferece uma fauna luxuriante de uma variedade e cor contagiantes. Por entre os percursos marcados o visitante descobre a cada virar de árvore, montes e vales, ribeiros e espaços verdes dignos de visitar e guardar na memória. Nesta serra existe um importante complexo termal, Caldas de Monchique, rodeado por um parque de vegetação onde existe a maior magnólia da Europa. É ainda de salientar a fertilidade dos seus solos, devido não só à humidade, mas também ao facto da sua rocha, a foíte, ser de origem magmática.

5. Serra do Caramulo

caramuloA Serra do Caramulo é quase um segredo bem guardado. A paisagem é um monumento à natureza e o ar puro que ali se respira convida à exploração de todos os recantos, por mais escondidos que sejam. É um lugar cheio de surpresas, de vistas magníficas e de desafios estimulantes. Para desfrutar de toda esta beleza natural existem percursos pedestres como o percurso do Caramulinho (“Caleiros”) com uma distância de 8,2 km e um tempo médio de 4 horas, no qual se pode desfrutar da bela paisagem, aldeias típicas e parque eólico.

4. Serra da Lousã

Serra-da-LousaA Serra da Lousã é conhecida, entre outras coisas, pelas belíssimas aldeias de xisto. Através de trilhos pode descobrir o Talasnal, Casal Novo e Chiqueiro. São as aldeias cravadas na serra da Lousã, ligadas entre si pela história e cultura comuns. Ao reabilitarem-se casas e condições de vida, as três aldeias voltam a chamar quem aprecie o casario encostado a ruas estreitas e as fontes de água sempre a correr. Inclui-se ainda na Reserva Ecológica Nacional, uma estrutura biofísica básica e diversificada que, através do condicionamento à utilização de áreas com características ecológicas específicas, garante a protecção de ecossistemas e a permanência e intensificação dos processos biológicos indispensáveis ao enquadramento equilibrado das actividades humanas.

3. Serra da Gardunha

Serra_da_GardunhaA Serra da Gardunha tem 1227 metros de altitude. Situa-se na Beira Baixa, Concelho de Fundão, a capital da produção de Cereja em Portugal. É um dos locais preferidos para os adeptos do parapente, não só pela altitude mas também pelas condições térmicas proporcionadas pela cadeia montanhosa.

2. Serra da Estrela

Serra_da_EstrelaPertence à cadeia montanhosa com a maior altitude de Portugal Continental, atingindo os 1993 metros na Torre. As principais actividades desta região são o turismo cultural – com rotas levam o visitante a conhecer as aldeias históricas, os castelos, a rota da lã e a rota das Judiarias -, o turismo ambiental que permite conhecer, também através de rotas delineadas, os 4 rios, as 25 lagoas e os vales glaciários – e claro a neve com uma estância de ski, um ski parque e 3 estâncias de montanha.

1. Serra do Gerês

geresA Serra do Gerês está inserida no Parque Nacional da Peneda-Gerês, um dos parques protegidos mais belos de Portugal.  É a segunda maior elevação de Portugal Continental com o cume a atingir os 1546 metros de altitude. Aqui qualquer visitante encontra uma actividade ao seu gosto. Desde turismo náutico, religioso e termal. Trilhos pedestres que o levam pelas matas a dentro e que permitem que sinta serra de forma mais próxima. Estes trilhos também o levam a locais de sonho, perdidos entre montanhas e vales como o Rio Arado e Pedra Bela, Vilarinho das Furnas, Mata de Albergaria e cascatas onde se pode banhar mas de difícil acesso. É importante, como em todo o lado, ajudar a preservar o estado dos locais e da natureza.

 

 

 

Artigos Relacionados:

A semana em 10 comentários de um Técnico de Engolimento
10 praias obrigatórias no Algarve - Barlavento
A semana em 10 comentários de um presidiário profissional
10 estâncias termais de Portugal

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

404