10 praias obrigatórias no SW Alentejano e Costa Vicentina 1

O sudoeste alentejano para além de pessoas fantásticas, é  também farto em praias magnificas. Seja pela envolvente, pelas ondas ou pelo isolamento, há areais para todos os gostos. Neste artigo revelamos as nossas preferências e listamos 10 praias obrigatórias no SW Alentejano e Costa Vicentina.  Felizmente há muitas mais nesta zona do país, muito caracterizada pela pacatez e por um ambiente descontraído e ligado com a Natureza.

 

10. Furnas

10.Furnas Com uma frente de Atlântico e outra para a foz do rio Mira, venceu a categoria de praias de rios na edição de 2012 das 7 maravilhas – praias de Portugal. Chega-se lá através da ponte ou, durante os meses de Verão, através de uma embarcação que liga as margens do rio. Ao fundo é possível verem-se as praias do Farol e da Franquia e a belíssima Vila Nova de Milfontes.

9. Almograve

09.Almograve Situada a 500 metros da localidade de Almograve, é uma praia com um areal pouco profundo mas extenso, sendo igualmente um destino predilecto de milhares de turistas. Na maré baixa proporciona várias piscinas naturais e na maré-cheia a rebentação por vezes traiçoeira, não é para todos! É reconhecida por ter regularmente boas condições para os praticantes de bodyboard.

8. Odeceixe

08.Odeceixe Situada na foz da Ribeira de Seixe, é uma praia que permite a escolha entre os banhos de mar ou de rio. Durante a maré baixa, as pequenas lagoas fazem a alegria de crianças e adultos. No entanto com a maré a vazar é preciso atenção, pois formam-se correntes perigosas, sobretudo nos dois extremos da praia. Na parte de rio há quase em permanência excelentes condições para a canoagem e passeios de barco. Situada a cerca de 3 km da vila de Odeceixe,  foi uma das praias vencedoras das 7 maravilhas – praias de Portugal – na categoria de praias de arribas.

7. Ilha do Pessegueiro

 07.Ilha do Pessegueiro
Situa-se a sul de Porto Covo, no canal que liga o continente à Ilha do Pessegueiro. A ilha é acessível por barco e contém vestígios arqueológicos da época romana. Na falésia junto da praia está o Forte do Pessegueiro, construído no século XVII. A praia é vigiada, tem parque de estacionamento, é limpa com regularidade e é de fácil acesso.

6. Zavial

06.Zavial A praia do Zavial foi durante muito tempo um segredo bem guardado por hippies e surfistas. Acessível a partir de Vila do Bispo, encontra-se no final de um vale e é limitada, em ambos os lados, por altas falésias. É frequentada por muitos surfistas e alguns naturistas que se mantêm junto às arribas do lado leste da praia. O único senão da praia é que em alguns dias é fustigada pelo vento. Nesses dias a vizinha Praia da Ingrina, para poente, é uma excelente alternativa.

o

5. Zambujeira do Mar

05.Zambujeira Mar Rodeada por falésias altas, de onde se pode apreciar um deslumbrante panorama sobre o oceano, esta é uma praia de ondulação forte, com boas condições para a prática de surf e bodyboard. Situada junto à povoação da Zambujeira do Mar, é muito concorrida durante o verão, especialmente durante o 1º fim de semana de Agosto em que se realiza o Festival do Sudoeste.Venceu a categoria de praias urbanas na edição de 2012 das 7 maravilhas – praias de Portugal.

4. São Torpes

04.São Torpes Situada perto da Central Termoeléctrica de Sines, São Torpes marca o limite norte do Parque do Sudoeste Alentejano, com o seu extenso areal que vai até perto de Porto Covo. Logo ao início do areal de São Torpes a água da praia é mais quente, o que costuma ser uma característica atractiva aos mais pequenos. Toda a área é vigiada durante a época balnear, e limpa constantemente. Tem estacionamento perto e muitos restaurantes especializados em pratos de peixe.

3. Malhão

03.Malhão Mais uma praia com um areal extenso. Situa-se entre Porto Covo e Vila Nova de Milfontes e está dividida em três partes. A norte encontra-se um vasto areal com grandes dunas; a sul, um extenso espaço protegido por uma encosta de rochas; e entre estas duas, formaram-se três pequenas praias mais protegidas dos ventos por formações rochosas. O acesso não é o melhor, tem que se fazer uma longa estrada de terra até lá chegar, mas pelo menos há bastante espaço para estacionar!

2. Amado

02.Amado É considerada uma das melhores praias portuguesas para o surf, muito procurada por praticantes de toda a Europa. Situa-se na Carrapateira (Aljezur), com um grande areal e bons acessos é frequentemente visitada por excursões de auto caravanas. As ondas são definitivamente o ex-libris desta praia, com várias escolas e os seus alunos a disputarem as ondas com os banhistas.

1. Arrifana

01.Arrifana É de certeza uma das mais bonitas praias do país! Do topo da arriba tem-se uma vista fantástica sobre toda a praia e logo daí se percebe que o acesso obriga a descer (e depois subir!) uma valente ribanceira até chegar a um areal com mais de meio quilómetro de extensão. Acolhida numa espécie de baía, caracteriza-se por ter a sul uma rocha vertical no meio do mar, que marca a paisagem. É muito procurada pelos surfistas e praticantes de Bodyboard durante todo o ano, mas no Verão chega a ser complicado ver o azul da água, tantas são as pranchas dentro de água.

 

 

 

Artigos Relacionados:

10 locais a visitar em Cascais
10 locais a visitar em Sintra
Os 10 melhores tweets da semana (2013.26)
10 percursos pedestres a não perder em Portugal

Um comentário a “10 praias obrigatórias no SW Alentejano e Costa Vicentina”

  1. Obrigado pelo excelente trabalho que faz pela nossa terra. È pena não me ter aí ao pé de si pois eu sou um pouco pior,no bom sentido claro,em relação à propaganda do nosso concelho e já agora também em relação aos concelhos vizinhos que também estão no coração pois vivi em Sines e em Lagos. Um abraço e vá trabalhando sempre mas faça também os outros trabalhar para o mesmo fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

404