10 praias obrigatórias no Algarve – Sotavento

Depois de o 10tino da semana passada se ter centrado nas melhores praias dos Barlavento Algarvio, o de esta semana destaca as 10 praias obrigatórias no Algarve – Sotavento! São 10 praias magnificas cuja beleza exigem uma visita num dos dias tórridos de Verão que o sul do nosso país nos oferece por estes dias!

 

10. Praia do Ancão

10.Praia do AncãoO Parque natural da Ria Formosa começa na praia do Ancão. Com um extenso areal e muitas dunas é conhecida por ser frequentada pelo jet set português. Responde as todas as necessidades dos banhistas mantendo a sua importância ambiental, já que o vale Ancão está coberto de uma abundante floresta e dunas.

9. Praia do Farol

09.Praia do FarolA Praia do Farol está situada na Ilha da Culatra e deve o seu nome ao facto de nela estar localizado o farol do Cabo de St.ª. Maria.O acesso à Ilha do Farol é feito unicamente por barco. Existem ligações desde Olhão, durante todo o ano e desde Faro. A viagem dura aproximadamente 40min.Tem um posto de primeiros socorros, um apoio balnear e dois apoios de praia.

8. Praia da Barreta

08.Praia da BarretaA Praia da Barreta é uma das mais bem conservadas e menos frequentadas praias do Algarve. Cerca de 11 km de silêncio e sossego caracterizam a Ilha Deserta, onde se localiza. O acesso faz-se por mar e pelo caminho há que prestar atenção às diversas aves que por aqui se alimentam.

7. Praia da Armona

07.Praia da ArmonaMais uma praia localizada numa ilha, mais concretamente na parte Oeste da Ilha da Armona. Para lá chegar tem que se ir de barco, que se pode apanhar em Faro, Olhão e Fuseta. Tem restaurantes, apoios de praia e nadador salvador durante a época balnear.

6. Praia da Alagoa

06.Praia da AlagoaA praia da Alagoa, situada na aldeia de Altura, apresenta-se como um enorme areal e uma vasta area de dunas, que se atravessam através de um passadiço até à praia. Tem restaurante, WC e nadador salvador durante a época balnear.

5. Praia do Barril

05.Praia do Barril

A praia do Barril situa-se sensivelmente a meio da ilha de Tavira e para lá chegar basta atravessar uma estreita ponte pedonal sobre um canal da ria e seguir depois a pé, ou no comboios turístico que circula durante cerca de 1 km até ao areal. O equipamento turístico da praia foi adaptado a partir de uma antiga armação de pesca do atum e no local ainda se pode ver o casario original e alguns objectos da faina, bem como um conjunto de grandes ancoras que se encontram dispostas no espaço envolvente da praia, ajardinado com plantas das dunas. O areal é imenso e caminhando na direcção do extremo oeste da ilha chega-se à praia do Homem Nu, praia deserta e selvagem, onde o naturismo é, como o nome indica, uma prática!

4. Praia do Almargem

04.Praia do Almargem

Esta praia tem um magnífico enquadramento paisagístico dominado por uma extensa mancha de pinhal que envolve a lagoa da Foz da Ribeira do Almargem, habitat de excelência para aves aquáticas exclusivas desta região. A zona balnear desenvolve-se ao longo de uma língua de areia entre a lagoa e o mar onde está instalada a concessão de praia, que garante a vigilância e o aluguer de toldos e desportos náuticos motorizados.

3. Praia da Culatra

03.Praia da Culatra

A praia situa-se no extremo nascente da ilha com o mesmo nome, associada a um antigo povoado de pescadores, que até há algumas dezenas de anos, era composto por casas de madeira. Com um areal amplo a estender-se tanto para poente como nascente, também aqui se pode observar a rica flora dos campos dunares que se sucedem para o interior bem como gozar as águas cálidas e tranquilas e os ventos quentes de leste. Após duas horas de caminhada para Leste chega-se à Barra Grande, onde se podem apreciar as convidativas piscinas naturais arenosas e uma paisagem sempre em mutação.

2. Praia da Manta Rota

02.Praia da Manta RotaEsta é uma extensa praia associada à povoação da Manta Rota, que ainda mantém algum do seu carácter original de terra piscatória, embora seja actualmente um importante centro turístico. Passadiços sobrelevados levam o visitante até ao areal, permitindo a observação da vegetação dunar desde a frente de mar, até ao interior onde surgem plantas aromáticas como a perpétua-das-areias, que impregna o ar com o seu intenso odor a caril! Menos frequentada que a vizinha zona balnear de Monte Gordo, oferece ainda recantos tranquilos sobretudo nos extremos do areal.

1. Ilha de Cabanas

01.Ilha de CabanasPara Nascente da Ilha de Tavira, surge a Ilha de Cabanas, uma estreita mas extensa língua de areia. A praia situa-se em frente à povoação de Cabanas, cuja origem remonta às campanhas de pesca do atum, mantendo-se ainda hoje terra de pescadores. Da comprida marginal de Cabanas espreitam-se os barcos de pesca artesanal ancorados na ria e as casas de aprestos. O braço de ria que separa a ilha do continente é já modesto, podendo-se atravessar a nado na baixa-mar. É no entanto de barco o acesso preferencial à Ilha, bastam uns quantos minutos para alcançar a praia, a partir de Cabanas. Caminhando um pouco no extenso areal é possível aceder a momentos de tranquilidade e isolamento.

 

 

Artigos Relacionados:

Imagens da Semana (2013.20)
A semana em 10 comentários de um Azeiteiro
A semana em 10 comentários de um Analista de Risco Social
10 conventos e mosteiros de Portugal

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

404