10 locais a visitar nos Açores – São Miguel e Santa Maria

Desde que foram habitadas, as ilhas do arquipélago dos Açores, tiveram um papel importante na história de Portugal, nomeadamente na época dos Descobrimentos, sendo escala para as expedições das naus da chamada Carreira da Índia, das frotas da prata, e do Brasil e contribuíram para a conquista e manutenção das praças portuguesas do Norte de África. O arquipélago é constituído por 9 ilhas separadas por grupo: o grupo ocidental com a Ilha do Corvo e Ilha das Flores; o grupo central com as ilhas do Faial, Graciosa, Pico, São Jorge e Terceira; e o grupo oriental, no qual nos centramos hoje com 10 locais a visitar nos Açores – São Miguel e Santa Maria.

 

10. Gorreana e Porto Formoso (São Miguel)

porto-formosoAmbas as localidades se encontram na costa norte da ilha de São Miguel e são conhecidas pelas suas plantações e fábricas de chá. Na fábrica de Porto Formoso pode visitar, além da plantação, um museu no qual são proporcionadas visitas guiadas. Os visitantes são convidados a provar os chás numa cozinha típica Micaelense, ou na esplanada com uma vista magnífica sobre as plantações de chá e a vila de Porto Formoso. Todos os anos, na primavera, se recria a apanha do chá com trajes típicos da moda antiga.

9. Miradouro para a Baía de São Lourenço (Santa Maria)

sao-lourencoAs vinhas que plantadas encosta acima, as casas brancas junto ao mar e os campos agrícolas que retalham o terreno de São Lourenço, completam uma das vistas panorâmicas mais cativantes dos Açores, que pode ser apreciada de perto e ao longe, a partir do Miradouro do Espigão.

8. Lagoa do Fogo (São Miguel)

lagoa-fogoA Lagoa do Fogo é uma das maiores lagoas dos Açores e a segunda maior da Ilha de São Miguel, classificada desde 1974 como reserva natural. Ocupa a grande caldeira do vulcão adormecido do fogo, que dá forma ao grande maciço vulcânico da Serra de Água de Pau, localizado no centro da Ilha. Toda esta zona é rodeado por uma densa e exuberante vegetação. Esta caldeira vulcânica, tal como o vulcão que lhe deu forma é a mais jovem da Ilha de São Miguel e ter-se-á formado há cerca de 15 mil anos. A sua configuração actual é resultado do último colapso, que ocorreu no topo do vulcão, há aproximadamente 5 mil anos. A última erupção data de 1563.

7. Furnas (São Miguel)

Caldeiras_-_FurnasO Vale das Furnas tem uma paisagem única, proporcionando momentos de relaxamento e romantismo. É atravessado por duas caudalosas ribeiras, uma de água fria e outra de água quente, colorida pelo ferro em suspensão. Nesta zona pequenos pormenores chamam a atenção do visitante. A zona das Caldeiras constitui uma das curiosidades mais apreciadas pelos turistas. Nesta autêntica “cozinha natural” pode experimentar um saboroso cozido de carne ou bacalhau. É de comer e chorar por mais!

6. Caldeira velha (São Miguel)

caldeira_velhaÉ um dos locais mais visitados na ilha de São Miguel. Trata-se de um Monumento Natural localizado na Ribeira Grande. A vegetação e o ambiente parecem levar o visitante ao tempo jurássico e é constituído por uma lagoa alimentada por ribeiros de água quente de cor castanha por ser muito rica em ferro. Os visitantes podem banhar-se nesta lagoa, perto existem casas para se poder trocar de roupa.

5. Farol de Gonçalo Velho Cabral (Santa Maria)

farol-goncalovelhogFarol construído em 1927, a 114 metros de altitude, na chamada Ponta do Castelo. É composto por uma quadrangular com 14 metros de altura e alguns edifícios anexos. É visível, num dos muros do farol, uma seta pintada de preto que indica a direcção dos ilhéus das Formigas. A vista a partir do Farol é deslumbrante!

4. Nordeste (São Miguel)

nordesteO Nordeste é uma vila e um município na ilha de São Miguel muito pitoresco e com locais que permitem algumas das melhores vistas sobre a ilha e o mar. Dentro dos muitos pontos turísticos da região destacam-se a Miradouro da Ponta do Sossego (na fotografia), o Miradouro da Ponta da Madrugada, a Serra da Tronqueira, o Farol do Arnel, o Parque Natural dos Caldeirões, entre outros miradouros que permitem avistar panorâmicas fantásticas sobre o mar.

3. Ferraria (São Miguel)

ferrariaJunto ao mar, no extremo sudoeste da ilha de São Miguel, Açores, situa-se o lugar da Ferraria. Integrado no Monumento Natural Regional do Pico das Camarinhas e Ponta da Ferraria, esta zona de protecção da natureza é composta por diversas estruturas de origem vulcânica. O ex-libris desta zona são mesmo as duas nascentes de águas termais que aquecem as piscinas naturais da Ferraria e abastecem o seu complexo Termal. As qualidades terapêuticas das águas termais da Ferraria levaram a que esta se tornasse um local quase de culto.

2. Ilhéu de Vila Franca (São Miguel)

ilheuSituado a cerca de 1Km da costa na freguesia de São Miguel, o ilhéu e o mar envolvente de Vila Franca do Campo são reserva natural. A sua forma deve-se à acção da erosão marítima sobre um cone vulcânico. Entre os meses de Junho e Setembro é feita a ligação regular de barco entre o porto de Vila Franca e o ilhéu, para que as pessoas possam usufruir da piscina natural de águas límpidas.

1. Lagoa das Sete Cidades (São Miguel)

Sete-CidadesA lagoa das Sete Cidades é o maior lago de água doce dos Açores e está situado na zona oeste da ilha de São Miguel. Envolvida por uma paisagem paradisíaca, convida a um passeio ou a um piquenique nas suas margens tranquilas. A famosa lenda atribui a diferente cor das águas das lagoas às lágrimas vertidas por uma princesa de olhos azuis e a um pastor de olhos verdes, ao verem o seu amor contrariado. Em 2010 foi classificada como uma das Sete Maravilhas Naturais de Portugal.

 

 

Artigos Relacionados:

Os 10 melhores Tweets da Semana (2013.36)
Imagens da Semana (2013.37)
10 rotas do vinho de Portugal
Os 10 melhores Tweets da Semana (2013.41)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

404