As 10 transferências mais caras do futebol 1

Está claro para todos que o futebol é um dos desportos com mais adeptos do mundo. Também é do conhecimento geral que os clubes pagam primeiro valores astronómicos pela contratação dos melhores jogadores e depois salários mensais equivalentes ao que o comum mortal ganharia num ano (ou dois … ou muitos!). De há uns anos para cá as transacções dos melhores futebolistas atingiram verbas pornográficas. Para escrever este artigo fomos à procura das 10 transferências mais caras do futebol mundial. As conclusões são várias: desde logo todas as transacções foram efectuadas entre clubes europeus; o Real Madrid é sem dúvida o clube que mais paga pela contratação das estrelas do futebol; e dois nomes da lista são portugueses, sendo a do Cristiano a transferência mais cara de sempre até hoje!

 

10. Radamel Falcao – 47.000.000€

falcao

Em Portugal conhecemos bem este colombiano. Foi comprado pelo FCP por 4 milhões de euros e vendido, apenas dois anos depois, ao Atlético de Madrid por 47 milhões de euros graças às suas exibições, tanto no campeonato nacional como nas competições europeias. Foi o melhor marcador da Liga Europa em 2011, com 17 golos em 14 jogos. Muitos clubes mostraram interesse em comprar o seu passe mas apenas o Atlético aceitou pagar o elevado valor que o Porto pedia. Em Espanha continua a dar nas vistas, marcou 36 golos na sua primeira época na liga espanhola e voltou a ser o melhor marcador da Liga Europa fazendo dele o melhor marcador numa competição europeia duas vezes consecutivas em equipas diferentes.

 

9. Gaizka Mendieta – 48.000.000€

mendieta

O seu potencial não fazia prever o que viria a ser uma das transferências futebolísticas mais decepcionantes. Foi um dos jogadores chave do Valência durante muitos anos e o seu futebol encantava os fãs deste desporto por todo o mundo, mas depois da sua saída para a Lazio, que custou 48 milhões de euros, não parecia ser o mesmo jogador. Um ano depois foi emprestado ao Barcelona e mais tarde ao Middlesbrough que acabou por  comprar o seu passe em 2004. Jogou naquele clube alguns anos até se ter retirado deixando os fãs a pensar no que se teria passado.

 

8. Gianluigi Buffon – 54.200.000€

Gianluigi-Buffon

É um dos melhores guarda-redes de sempre sem dúvida nenhuma. O seu passe foi comprado pela Juventus ao Parma, e foi uma das mais importantes figuras na ascenção da Juve ao topo do futebol italiano e europeu no final dos anos 90 e primeiros anos de 2000. Ganhou vários títulos da Serie A, Ligas dos Campeões e um campeonato do mundo. É o guarda-redes mais caro de sempre e, pela sua consistência vale todo o investimento. Ainda joga e continua a ser uma peça chave na sua equipa.

 

7. Hernan Crespo – 55.000.000€

hernan_crespo

Este argentino é um dos jogadores mais conhecidos do futebol italiano, pois jogou em 5 equipas na Serie A. Deu nas vistas pela primeira vez no Parma, marcando 62 golos em 116 jogos, e suscitou o interesse da Lazio que acabou por pagar, no ano 2000,  55 milhões de euros pelo seu passe. Juntou-se a uma equipa já recheada de nomes sonantes como Juan Sebastian Veron, Pavel Nedved, Jaap Stam, Alessandro Nesta e Gaizka Mendieta. Foi o melhor marcador na primeira época por aquele emblema e apesar de muitas lesões, manteve uma boa média de golos por jogo.

 

6. Fernando Torres – 58.500.000€

Fernando-Torres

Mais uma transferência que faz lembrar a de Mendieta. Enquanto jogou no Liverpool foi um grande marcador de golos, 65 em apenas 102 jogos, tornando-o num dos ídolos dos fãs. Isto suscitou o interesse do Chelsea que pagou 58.5 milhões de euros pelo seu passe, mas a sua performance ficou muito aquém da que se via no seu anterior clube. Ganhou pelo Chelsea uma taça inglesa e a Liga dos Campeões na época 2011/2012, mas com apenas 9 golos em 49 jogos está a demorar a convencer.

 

5. Luís Figo – 58.500.000€

luis-figo

Um herói nacional! Luís Figo é uma lenda viva do futebol português e é o jogador com maior número de jogos com a camisola da selecção nacional. Foi comprado ao Sporting pelo Barcelona em 1995 por 3 milhões de euros, que na altura era treinado por Johan Cruyff e transformou-se num dos melhores do mundo. Protagonizou também uma das transferências mais controversas da história do futebol ao sair para o arqui-rival Real Madrid por 58.5 milhões de euros, um recorde na altura, passando a ser o jogador mais odiado pelos apoiantes do clube catalão. Depois disso saiu para o Inter e em 2009 retirou-se do futebol.

 

4. Kaká – 65.000.000€

Kaka

Enquanto esteve no AC Milan ganhou um campeonato italiano, uma Liga dos Campeões, duas super taças europeias, uma super taça italiana e foi Bola de Ouro na época 2006/2007. Quando o clube começou a ter dificuldades financeiras viu-se obrigado a vender um dos mais valiosos jogadores do plantel e o Manchester City fez uma proposta de mais de 100 milhões de euros mas o negócio não se concretizou por protestos de fãs do clube italiano e pela relutância do jogador em sair. Mais tarde o Real Madrid fez uma proposta bem mais baixa e nessa altura nem o clube nem o jogador hesitaram em aceitar. Devido a lesões e a alguma inconsistência não se conseguiu impor e provavelmente sairá do clube espanhol em breve, sendo o AC Milan o maior interessado em tê-lo de volta.

 

3. Zlatan Ibrahimovic – 69.500.000€

ibrahimovic

Se somarmos o valor das suas transferências dá um total de 171.1 milhões de euros. O valor mais alto foi pago pelo Barcelona quando o recrutou para o plantel. Começou bem a sua aventura por terras espanholas com 7 golos em 7 jogos da liga, mas acabou com 16 golos em 29 jogos, acabando por ser vendido ao AC Milan na época seguinte  devido a problemas com o treinador Pep Guardiola. Apesar do seu comportamento arrogante, continua a ser importante nos clubes por onde passa.

 

2. Zinedine Zidane – 73.500.000€

zidane

Não há dúvida que é um dos melhores jogadores de sempre. Durante quase 20 anos deslumbrou o mundo do futebol com a sua técnica e visão até se retirar em 2006. Ganhou quase tudo o que havia para ganhar durante a sua carreira. Zidane foi comprado em 2001 pelo Real Madrid pela quantia recorde de 73.5 milhões de euros e ajudou a equipa a ganhar uma Liga dos Campeões e uma liga espanhola durante os 5 anos de contrato. O final de carreira foi no entanto manchado pelo que aconteceu na final do Campeonato do Mundo de 2006, que seria também o seu último jogo, ao cabecear no peito o jogador italiano Marco Materazzi, depois de este o ter insultado.

 

1. Cristiano Ronaldo – 94.000.000€

ronaldo

Mais uma lenda viva portuguesa! Se há um clube que é campeão de transferências é o Real Madrid. Demoraram quase dois anos a conseguir o passe do jogador português e no final pagaram um valor até então impensável no mundo do futebol, 94 milhoes de euros, decorria o ano 2009. De certeza que os dirigentes do clube espanhol não duvidam que fizeram um óptimo negócio com este jogador que marcou 112 golos em 103 jogos, juntamente com a venda de t-shirts com o seu nome que certamente já ultrapassou o valor gasto na sua transferência. É um dos jogadores mais consistentes da história e está a cimentar o seu lugar como um dos melhores jogadores de sempre.

 

 

Artigos Relacionados:

10 bolas desportivas
Imagens da Semana (2013.05)
10 rivalidades no desporto
10 desportos de prancha na água

Um comentário a “As 10 transferências mais caras do futebol”

  1. Kah diz:

    Olha que se o Ibra lê isto te bate XD

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

404