Os 10 orgãos mais importantes do corpo humano 30

Passamos a vida sem termos noção dos nossos orgãos, de funções como respirar, digerir, andar e todas as outras são tomadas como garantidas, e na realidade não nos preocupamos muito com nada disso a menos que algum orgão fique doente ou que deixemos de poder realizar uma destas funções. mas devíamos ter sempre presente que o nosso corpo é constituído por orgãos que se danificam quando postos em stress. E quando um orgão falha o problema não costuma ficar por ali. Hoje publicamos uma lista com os 10 orgãos mais importantes do corpo humano e deixamos um concelho –  Não exponham o corpo, e principalmente os orgãos, a excessos, porque cada vez que o fazemos estamos a pôr em risco a nossa saúde e consequentemente a nossa vida.

 

10. Bexiga

bexiga4Tudo o que comemos é digerido e uma parte é deitada fora, e é para isso que serve a bexiga. É o orgão responsável por remover a urina do corpo para que este não fique entupido com desperdício e toxinas. É capaz de armazenar entre 300 a 500 ml de urina e como todos os outros orgãos pode ficar doente, como quando bactérias entram e se multiplicam podendo provocar cancro. Outra condição é Bexiga hiperactiva que faz com que se tenha sempre vontade de urinar, mesmo quando a bexiga já está vazia. Mas é sem dúvida um dos mais importantes orgãos já que mantém o corpo limpo e saudável.

9. Rins


rinsOs rins removem as toxinas do nosso corpo e equilibram os fluidos corporais. Também libertam as hormonas que controlam a pressão arterial e uma das mais importantes funções é a produção de glóbulos vermelhos, e ao mesmo tempo a preciosa vitamina D que mantém os ossos fortes e saudáveis. Quando um rim fica doente e deixa de funcionar a pessoa fica cada vez mais doente também, pois as toxinas que este devia filtrar acumulam-se no corpo e se o rim não for substituido ou se a pessoa não recorrer à diálise pode morrer.

8. Baço


bacoO baço é um orgão vascular que contém os fluidos e sangue que circulam pelo corpo. A sua função é reconhecer e remover glóbulos vermelhos velhos ou deformados da corrente sanguínea. Neste processo de remoção de células danificadas ou velhas, o baço 
destrói as e devolve ao corpo o ferro que estas continham. No ultimo mês de gestação do feto, o baço produz glóbulos vermelhos que sejam necessários para o desenvolvimento do bebé.

7. Estômago

estomago_bTodos nós compreendemos que fazemos a digestão de tudo o que comemos e bebemos. O estômago é importante na medida em que, para digerir o seu conteúdo, produz um ácido que activa uma enzima chamada de pepsina que é essencial para a digestão das proteínas e que ajuda na absorção da vitamina B12, que tem um importante papel no funcionamento do cérebro e do sistema nervoso.

6. Intestinos

intestinosHá, como sabemos, dois tipos de intestino, o delgado e o grosso. O intestino delgado é um tubo com mais de 6 metros enrolado no abdómen e é responsável pela absorção dos nutrientes da comida para a corrente sanguínea. Como é um orgão vascular, significa que tem muito fluxo sanguíneo, os nutrientes, vitaminas e medicamentos são rapidamente e eficientemente absorvidos pela corrente sanguínea. O intestino grosso faz a absorção de água  e minerais como sódio e cloreto , bem como a formação e armazenamento temporário das fezes.

5. Pâncreas

pancreasO pâncreas localiza-se no abdómen e ajuda na conversão da comida em combustível para o corpo. Tem duas funções importantes, a primeira é a regulação dos níveis de açúcar no sangue e a outra é ajudar na digestão. É um orgão digestivo que produz enzimas digestivas que ajudam na absorção de nutrientes e a na digestão do que se encontra no intestino delgado. Estas enzimas ainda ajudam na decomposição dos hidratos de carbono e proteínas. Se o pâncreas falhar e os fluidos saírem para o corpo podem provocar a morte.

4. Fígado

figadoO fígado é a maior glândula do corpo humano, chegando a pesar 1,5kg. Recebe 30% do sangue do corpo por minuto. É um armazém de vitaminas, açúcar e ferro para dar energia ao corpo através da corrente sanguínea. Controla a produção do colesterol e remove o excesso, limpa o sangue de desperdício, drogas e outras substâncias agressivas ao corpo e produz ao mesmo tempo bílis, que é importante para a digestão e absorção de nutrientes. O fígado é tão importante que se falha todo o corpo começa a falhar até que o corpo deixa de funcionar.

3. Pulmões

pulmoesSem os pulmões a vida não é possível. Fazem parte de um conjunto de orgãos e tecidos, o sistema respiratório, que funcionam em conjunto para nos ajudar a respirar. O pulmão direito é ligeiramente maior que o esquerdo. Sem os pulmões não teríamos no corpo um dos gases mais importantes para a vida, o oxigénio que alimenta o corpo todo através da corrente sanguínea.Uma das doenças mais comuns dos pulmões é a asma, que dificulta a respiração. É uma doença crónica e pode mesmo ser fatal.

2. Coração

coracaobO coração aparece em segundo por razões óbvias, é um orgão vital. A saúde do coração é importantíssima e felizmente cada vez mais pessoas lhe dão a devida atenção, fazendo exercício e tendo atenção ao seu funcionamento. Um coração saudável depende de alguns factores como bons genes, actividade física e uma alimentação saudável, entre outras. Em média o coração bate 72 vezes por minuto e bombeia o sangue por todo o corpo, não falhando um orgão. Assim como os pulmões ou o fígado, se o coração parar tudo o resto pára.

1. Cérebro

cerebroE em primeiro está o super-computador que é o cérebro. Controla todos os sistemas e orgãos do corpo ao mesmo tempo através de um sistema nervoso de uma complexidade que ainda estamos longe de entender completamente. Os sistema nervoso central é uma enorme rede de nervos que gere o corpo. O cérebro tem várias partes como o Cerebrum, o Cerebelo, o sistema límbico e o tronco encefálico. O cerebrum é a maior parte do cérebro, coordena as acções e pensamentos.O cerebelo é responsável pelo movimento e postura e o sistema límbico gere as emoções e o funcionamento do corpo como respirar, o batimento cardíaco e a pressão arterial. Quando o cérebro falha as consequências são desastrosas.

 

 

 

 

Artigos Relacionados:

Os 10 artistas mais influentes de 2013
10 dicas para trabalhar a partir de casa
Os 10 itens mais coleccionados
Os 10 aeroportos mais movimentados do Mundo

30 Comentários sobre “Os 10 orgãos mais importantes do corpo humano

  1. Responder Cardiologista Set 16, 2014 13:39

    Para saber mais “O coração humano é o órgão responsável pelo percurso do sangue bombeado através de todo o organismo, que é feito em aproximadamente 45 segundos em repouso. Bate cerca de 109.440 a 110.880 vezes por dia, bombeando aproximadamente 5 l de sangue.

    Neste tempo o órgão bombeia sangue suficiente a uma pressão razoável, para percorrer todo o corpo nos sentidos de ida e volta, transportando assim, oxigênio e nutrientes necessários às células que sustentam as atividades orgânicas”.Levocardia – posicionamento normal do coração do lado esquerdo do torax.
    Mesocardia – anomalia que faz com que a pessoa nasça com o coração no centro do torax.
    Situs inversus – anomalia que faz com que a pessoa nasça com o coração do lado direito do tórax.
    Normalmente fica localizado na caixa torácica, levemente inclinado para direita e para baixo (mediastino médio). Porém, existe uma anomalia chamada Dextrocardio que faz com que o indivíduo nasça com o coração levemente inclinado para esquerda e para baixo.

    É constituído por uma massa contráctil – o miocárdio – revestido interiormente por uma membrana fina – o endocárdio – e envolvido por um saco fibro-seroso, o pericárdio.

    O coração é constituído por duas porções: a metade direita ou coração direito, onde circula o sangue venoso e a metade esquerda, onde circula sangue arterial. Cada uma destas metades do coração é constituída por duas cavidades, uma superior – a aurícula – e uma inferior – o ventrículo. Estas cavidades comunicam entre si pelos orifícios aurículo-ventriculares. As duas aurículas encontram-se separadas pelo septo interauricular e os dois ventrículos pelo septo interventricular.

    Na cavidade atrioventricular esquerda encontra-se a valva mitral, e no orifício atrioventricular direito a valva tricúspide (são valvas que se abrem em direção ao ventrículo e se fecham para evitar o refluxo do sangue).

    A circulação sanguínea é assegurada pelo batimento cardíaco, ou seja, o batimento do coração, que lança o sangue nas artérias.

    O coração é um órgão muscular que, no ser humano, tem o tamanho aproximado de um punho fechado.

    Câmaras do coração[editar | editar código-fonte]
    O coração apresenta quatro câmaras: dois átrios e dois ventrículos. As câmaras superiores (átrios) encontram-se separados pelo septo interarterial e as câmeras inferiores (ventrículos) que são separadas pelo septo interventricular 3 . Os átrios funcionam como câmaras receptoras do sangue de várias partes do corpo; os ventrículos funcionam como câmaras bombeadoras 3 . Na metade direita do coração só circula sangue venoso, na esquerda sangue arterial. A circulação do sangue nestas quatro cavidades está controlada pelas válvulas. As válvulas também servem de meio de comunicação entre os átrios e os ventrículos.

    O átrio direito forma a porção direita superior do coração. Possui uma espessura média de 2 a 3 mm, e apresenta paredes anterior e posterior com texturas muito diferentes. A parede posterior é lisa e a anterior é enrugada. O sangue passa do átrio direito para o ventrículo direito através de uma valva tricúspide, também chamada de valva atrioventricular direita4 .

    O átrio esquerdo possui aproximadamente a mesma espessura do átrio direito e compõem a maior parte da base do coração. Esta câmara recebe sangue vindo dos pulmões. Apresenta uma parede posterior lisa e diferentemente do átrio direito sua parede anterior também é lisa. O sangue é transportado do átrio esquerdo para o ventrículo esquerdo pela valva atrioventricular esquerda (bicúspide ou mitral)4 .

    O ventrículo direito apresenta por volta de 4 a 5 mm e compõe a maior parte anterior do coração. O interior do ventrículo direito apresenta cristas que são compostas por fibras musculares cardíacas elevadas conhecidas como trabéculas cárneas. As valvas da válvula atrioventricular direita estão conectadas a cordas tendíneas e estas estão conectadas as trabéculas coniformes chamadas de músculos papilares. O sangue passa do ventrículo direito pela valva do tronco pulmonar, para a artéria chamada de tronco pulmonar, que se bifurca em artérias pulmonares esquerda e direita4 .

    O ventrículo esquerdo é a câmara com maior espessura do coração, e mede em entre 10 a 15 mm, formando o ápice do coração. Assim como o ventrículo direito, apresenta também trabéculas cárneas e possui cordas tendíneas que sustentam as válvulas atrioventriculares esquerdas aos músculos papilares. O sangue passa do ventrículo direito, pela valva da aorta, para a parte ascendente da aorta. Um pouco desse sangue flui das artérias coronárias para a parede do coração e o restante para a parte descendente da aorta que levam o sangue para o resto do corpo4 .

    Valvas cardíacas[editar | editar código-fonte]
    De acordo com a contração de cada câmara do coração, esta empurra um volume de sangue para o ventrículo ou para uma artéria. As valvas se abrem e se fecham conforme às alterações de pressão quando ocorre a contração e o relaxamento do coração. Cada uma das quatro valvas do coração abrem-se e deixam o sangue passar e fecham-se para evitar o seu refluxo4 .

    As valvas atrioventriculares estão localizadas entre um átrio e um ventrículo, por isso são denominadas valvas atrioventriculares (AV). Quando estas valvas estão abertas, as suas extremidades arredondadas projetam-se para o ventrículo. Quando ocorre o relaxamento dos ventrículos, os músculos papilares também encontram-se relaxados e as cordas tendíneas frouxas e o sangue vem dos átrios (pressão elevada) para os ventrículos (pressão mais baixa), por meio das valvas atrioventriculares que encontram-se abertas. Quando os ventrículos se contraem, a pressão exercida pelo sangue empurra as válvulas para cima e elas fecham-se. No mesmo momento, ocorre a contração dos músculos papilares e puxa assim, as cordas tendíneas, evitando a abertura da valva em direção aos átrios em resposta à alta pressão ventricular4 .

    Camadas do coração[editar | editar código-fonte]
    O coração está envolvido pelo pericárdio, um saco membranoso composto por duas camadas. Entre essas duas camadas acha-se um espaço que contem um líquido seroso, que lubrifica a superfície do coração, protegendo-o de traumas e atritos. Separa o coração dos pulmões e das paredes do tórax.

    A parede do coração propriamente dito consiste de três camadas:

    o pericárdio é a camada externa lisa;
    o miocárdio é a camada muscular média, espessa; é responsável pela ação de bombeamento cardíaco; é capaz de trabalhar ininterruptamente;
    o endocárdio é a membrana que reveste o interior do coração, entra em contato com o sangue.
    Externamente, encontramos a circulação coronariana, formada pelas artérias e veias coronárias, sendo estas primeiras originárias da aorta, levam o sangue oxigenado para toda a musculatura do coração.

    Ciclo cardíaco[editar | editar código-fonte]
    Ver artigo principal: Ciclo cardíaco

    Ciclo Cardíaco Ventrículo Esquerdo
    O coração contrai e relaxa constantemente, em um processo chamado de ciclo cardíaco e composto por sístole e diástole, respectivamente. Nesse processo, bombeia todo o sangue do nosso corpo. É uma bomba hidráulica, em que os tubos de saída são as artérias e os tubos de entrada as veias; o líquido que anda a circular é o sangue. Seu sincronismo atua como se fossem duas bombas trabalhando simultaneamente5 . Uma das bombas engloba a átrio direito e o ventrículo direito e a outra a átrio esquerdo e o ventrículo esquerdo. A função do átrio e do ventrículo direitos é arrastar o sangue para os pulmões, onde se liberta o dióxido de carbono e se fornece de oxigênio. Por outro lado, o átrio e o ventrículo esquerdos têm o trabalho de arrastar o sangue enriquecido de oxigênio para todas as partes do corpo.

    O coração exibe um ciclo ritmo definido de contração (sístole) e relaxamento (diástole). “Um único ciclo cardíaco compreende todos os eventos associados a um batimento cardíaco. Portanto em cada ciclo cardíaco, consiste em sístole e diástole dos átrios, mais a sístole a diástole dos ventrículos”4 , e os ventrículos se contraem e relaxam de forma alternada, de modo geral, há uma diferença de pressão em determinados momentos do ciclo para que o sangue passe dos átrios para os ventrículos e depois seja ejetado.

    Wikcionário
    O Wikcionário possui o verbete diástole.
    Wikcionário
    O Wikcionário possui o verbete sístole.
    Geração do impulso cardíaco[editar | editar código-fonte]
    Existem potenciais elétricos através das membranas de praticamente todas as células do corpo. Algumas células, como as células nervosas e musculares, são capazes de gerar e conduzir impulsos eletroquímicos com rapidez em suas membranas. Esses impulsos são transmitidos por potenciais de ação, rápidas alterações do potencial de membrana que se propagam com grande velocidade por toda a membrana da fibra muscular. Cada potencial de ação começa por alteração repentina do potencial de membrana normal negativo para um potencial positivo, terminando com retorno quase tão rápido para potencial negativo. Para conduzir o impulso, o potencial se desloca ao longo da célula.

    Estágios do potencial de ação
    Estágio de repouso: O potencial de membrana é equivalente ao potencial de repouso. Diz-se que a membrana está “polarizada” (concentração de cargas negativas no meio intracelular e positiva no meio extracelular) durante esse estágio, no qual esta age como capacitor.
    Estágio de despolarização: Nesse estágio a membrana encontra-se subitamente muito permeável aos íons sódio e cálcio, permitindo que grande número de íons positivamente carregados se difunda para o interior da célula.
    Estágio de repolarização: após a membrana ter ficado muito permeável aos íons sódio, os canais começam a se fechar, resultando em aumento a permeabilidade ao potássio. A rápida difusão dos íons potássio para o exterior reestabelece o potencial de repouso negativo da membrana.
    A contração da musculatura cardíaca, essencial para que o coração desempenhe sua função de bomba, é dependente da despolarização ordenada das células musculares cardíacas6 .

    Se uma única célula cardíaca despolarizar-se além do limiar, inicia um potencial de ação que irá se propagar de célula a célula. Essa propagação do potencial de ação causa a contração cardíaca como um todo. Poucas células especializadas cardíacas têm a propriedade de despolarizar espontaneamente em direção ao limiar para a formação de potenciais de ação6 .

    Quando uma célula dessas atinge seu potencial de ação o resultado é o batimento do coração. Estas células são conhecidas como células marcapasso, porque iniciam o batimento cardíaco e determinam a frequência, ou o passo do coração6 .

    Condução do impulso cardíaco[editar | editar código-fonte]
    A cada ciclo cardíaco é desencadeado por um potencial de ação que se inicia no nodo sino-atrial. Este nodo situa-se na parte superior do átrio direito, perto da abertura da veia cava superior. Ele quase não contém filamentos contráteis, de modo que se conectam diretamente com as fibras atriais. Qualquer potencial de ação originado no nodo sino-atrial e propaga imediatamente pelos átrios, pelo feixe atrioventricular até atingir os ventrículos4 .

    Nas fibras do nodo sinusal, devido a sua negatividade muito menor, a maioria dos canais rápidos de sódio ficam bloqueados. Consequentemente, só os canais lentos de cálcio e sódio podem se abrir e, assim, produzir o potencial de ação. Este, por sua vez, tem desenvolvimento mais lento que o do músculo ventricular6 .

    Devido à alta concentração de íons sódio no líquido extracelular e à carga elétrica negativa no interior das fibras do nodo sinusal em repouso, os íons positivos de sódio tendem a vazar para o interior das fibras. Como resultado, o influxo de íons sódio produz um potencial de membrana menos negativo. Desse modo, o potencial de repouso fica menos negativo entre dois batimentos consecutivos e, quando atinge um limite, os canais de cálcio e sódio são ativados, causando o fluxo desses íons, gerando o potencial de ação. Posteriormente, os canais de cálcio e sódio se fecham e, quase ao mesmo tempo, um grande número de canais de potássio se abre. Assim, o influxo de íons cálcio e sódio são interrompidos, enquanto que grande quantidade de íons potássio se difunde para fora da célula, finalizando o potencial de ação. Os canais de potássio ficam abertos por mais algum tempo, transferindo um excesso de cargas positivas de potássio para fora da célula, gerando temporariamente, excessiva negatividade no interior da fibra (hiperpolarização)6 .

    Transmissão do impulso cardíaco pelos átrios[editar | editar código-fonte]
    As terminações das fibras do nodo sinoatrial se fundem com as fibras musculares atriais circundantes através de canais iônicos, por meio dos quais os potenciais de ação originados no nodo passam para essas fibras. Assim, o potencial de ação se propaga por toda a massa muscular atrial, até o nodo atrioventricular (nodo A-V, situado na parte posterior do átrio direito). O impulso cardíaco não passa dos átrios para os ventrículos de forma muito rápida, na verdade sofre um retardo de pouco mais de um décimo de segundo pelo simples fato de as fibras condutoras serem extremamente delgadas e conduzirem com muita lentidão6 . Essa demora é suficiente para que os átrios esvaziem seu conteúdo de sangue nos ventrículos, antes que comece a contração ventricular.

    O sistema de Purkinje é um sistema especial de condução de impulso cardíaco. Apesar do impulsopoder ser propagado perfeitamente pelas próprias fibras da musculatura do coração, o sistema Purkinje possibilita maior eficiência na condução, permitindo impulsos com velocidade 5 vezes maior do que a do músculo cardíaco normal. Esse sistema tem origem no nodo sinoatrial. Dele saem feixes muito delicados de fibras de Purkinje (as vias internodais) que passam pela parede dos átrios até o nodo atrioventricular. É justamente nesse caminho até o nodo AV que o átrio é excitado pelas fibras de Purkinje6 .

  2. Responder Cardiologista Set 16, 2014 13:37

    Para saber mais “O coração humano é o órgão responsável pelo percurso do sangue bombeado através de todo o organismo, que é feito em aproximadamente 45 segundos em repouso. Bate cerca de 109.440 a 110.880 vezes por dia, bombeando aproximadamente 5 l de sangue.

    Neste tempo o órgão bombeia sangue suficiente a uma pressão razoável, para percorrer todo o corpo nos sentidos de ida e volta, transportando assim, oxigênio e nutrientes necessários às células que sustentam as atividades orgânicas”.

  3. Responder Cardiologista Set 16, 2014 13:37

    Para saber mais “O coração humano é o órgão responsável pelo percurso do sangue bombeado através de todo o organismo, que é feito em aproximadamente 45 segundos em repouso. Bate cerca de 109.440 a 110.880 vezes por dia, bombeando aproximadamente 5 l de sangue.1

    Neste tempo o órgão bombeia sangue suficiente a uma pressão razoável, para percorrer todo o corpo nos sentidos de ida e volta, transportando assim, oxigênio e nutrientes necessários às células que sustentam as atividades orgânicas”.

  4. Responder Cardiologista Set 16, 2014 02:28

    O Coração é como um Estabilizador, Cérebro como CPU Cabeça Monitor Impressora a parte intestinal e os fios que ligam a CPU,com o Estabilizador são Artérias e Veias a Jugular é como se fosse o Cabo Preto atrás da CPU de seu computador dúvidas acesse http://www.CienciaHumana.com/Orgãosvitais/docorpohumano/

  5. Responder Victoria Ellen Set 1, 2014 11:31

    Muito legal SUPER recomendo!

  6. Responder victoria Set 1, 2014 11:28

    Eu achei Muito Bom aprendi o que Não Tinha Entendido Surper Bom Recomendo Muito

  7. Responder jorrge bento Ago 16, 2014 21:15

    Achei interessante. Fui pesquisar em função de uma dor que veio sentindo do lado esquerdo na altura da cintura.
    Pesquisei para pelo menos dizer , ou tentar dizer ao médico qual o órgão que estava doendo.
    Obrigado

  8. Responder adriana Jun 15, 2014 23:48

    eu doarioa com muito orgulho e salvaria outra vida

  9. Responder iago Mai 27, 2014 00:04

    Estou fazendo um livrovai me ajudar muito na lição da minha escola

  10. Responder larissa Mai 19, 2014 15:50

    EU GOSTO MUITO DO MEU ORGAO NUNCA VOU DOAR

  11. Responder Bruno César Mai 12, 2014 15:13

    Excelente matéria: clara, objetiva e com informações úteis e apresentadas de forma de fácil entendimento. Obrigado, essa matéria deu um suporte muito bom para o estudo do corpo humano e seus órgãos!!!

  12. Responder Kauanny Lopes Valota Mai 11, 2014 18:38

    Nossa me a judou muitoo!! Vou tirar 10 no trabalho da escola e na prova Obrigada

  13. Responder ligiasouza Mai 5, 2014 21:21

    Vou tirar dez no trabalho….valweu

  14. Responder fabielly do carmo Abr 28, 2014 18:02

    eu acho que vou passar na prova!!

  15. Responder jessica Abr 23, 2014 21:25

    oi meu nome e´ jessica tenho 10 anos eu acho que vou tirar 10 no trabalho que minha professora pidio muito opriada

  16. Responder Camila Abr 23, 2014 20:15

    quero mais huhu###

  17. Responder camilly Abr 19, 2014 17:28

    oi meu nome é camilly eu adorei me ajudou bastante acho que vou passar na prova

  18. Responder manuela da silva santos Mar 30, 2014 16:46

    ola meu nome e Manuela tenho 25 anos tenho tido umas tonturas sera que deve ser ao exesso de bebida alcolíca?

  19. Responder adreia Mar 22, 2014 20:06

    gostei amei obrigada !

  20. Responder maria eduarda Mar 21, 2014 12:24

    oi meu nome é maria Eduarda tenho 10. estou no 5 e vou fazer prova hj isso vai me ajudar muito.

  21. Responder karine Mar 20, 2014 00:25

    oi,meu nome é karine eu tenho 12 anos 7 ano eu gostei muito do site ,esse site me ajudou muito que tambem fiz um trabalho de ciências muito obrigado

  22. Responder kaua Fev 26, 2014 13:57

    vlw me ajuda mt no trabalho acabei tirando um 9,8 vlwwwwwww mwsmo

  23. Responder Marcia Fev 24, 2014 22:33

    OI EU TENHO UM PRIMO QUE ANDA COMIGO NOS ESCOTEIROS E ESTE SITE FOI MUITO BOM PARA FAZE-LHE UM PROVA

  24. Responder julia andrade ferreira ramos Fev 11, 2014 12:20

    oi, meu nome é julia tenho 10 anos e sou uma aluna do 5 ano . gostei muito do site, esse site me ajudou a fazer um trabalho de ciências ! muito obrigada!!!!

Deixe um Comentário