10 desastres naturais

Os desastres naturais têm devastado a humanidade desde sempre. Algumas ocorrem com alguma frequência, como o tufão Haiyan que vitimou mais de 10 mil pessoas nas Filipinas, e apesar de se conseguir prever o caminho que estas tempestades podem tomar continua a ser inevitável calcular ou tentar minimizar os estragos que possam causar. Hoje publicamos um artigo com 10 desastres naturais, e apesar de vivermos num país onde muitos destes fenómenos não ocorrem, é sempre bom ter noção que elas acontecem com mais frequência do que aquela que gostaríamos.

10. Desabamento de terras

desabamentoUm desabamento de terras é um acontecimento que envolve o deslocamento de terra, pedras, árvores, casas, e tudo o que se encontre no seu caminho. Podem ser causados por terremotos, por erupções vulcânicas ou pela simples instabilidade do terreno. O deslize de lama é um dos principais causadores dos desabamentos, causados por chuvas fortes provocam a libertação dos solos em terrenos inclinados e a gravidade faz o resto.

9. Avalanche

avalancheA avalanche é um perigo geofísico que envolve deslocação de grandes quantidades de neve ou pedras montanha abaixo, causado quando a acumulação de material se solta. É um dos maiores perigos que se enfrentam no inverno nas montanhas. À medida que a avalanche se desloca vai acumulando neve e crescendo em tamanho e força. Pode também misturar a neve com o ar formando uma nuvem mortal de partículas de neve a alta velocidade.

8. Seca

secaUma seca dá-se quando uma região está durante meses ou anos sem abastecimento de água regular. Normalmente acontece quando uma zona não tem chuva suficiente e tem um duro impacto no ecosistema, na agricultura e na população. Apesar de algumas secas durarem vários anos, até uma pequena pode provocar grandes danos na economia local.

7. Incêndios florestais

incendioEm Portugal sabemos bem os danos que os incêndios florestais podem causar. Ardem sem controlo e as causas comuns incluem relâmpagos, descuido ou intenção humana, erupções e nuvens piro-plásticas de vulcões activos. São uma perigosa ameaça a quem vive perto de florestas e à vida selvagem, e as cinzas incandescentes que são levadas por ventos podem estender os estragos a zonas distantes do fogo original.

6. Inundações

inundacaoUma inundação dá-se quando um corpo de água excede a sua capacidade e corre para fora dos limites, submergindo o que se encontra fora do perímetro original. Ocorre em lagos e rios que transbordam devido a um aumento do fluxo do caudal, regularmente em curvas ou nas zonas mais baixas.

5. Tsunamis

tsunamiO tsunami é causado pela deslocação de água, normalmente num oceano. Terremotos, movimentos de terras acima ou debaixo de água, erupções vulcânicas e outras explosões submarinas, como testes de armas nucleares no mar, têm o potencial para criar um tsunami. Quando as ondas provocadas por um tsunami invadem terra o resultado é regularmente desastroso, como vimos acontecer na última década mais de uma vez.

4. Erupções vulcânicas

erupcaoA erupção acontece quando um vulcão entra em actividade e liberta lava e gases tóxicos para o ar. Este fenómeno pode acontecer diariamente, com pequenas erupções, ou mesmo erupções pouco frequentes de super-vulcões, capazes de expelir pelo menos 1000 quilómetros cúbicos de material. Algumas erupções formam nuvens piro-plásticas, compostas por cinzas e vapor que se deslocam pelas encostas abaixo a grande velocidade e destroem tudo no seu caminho.

3. Tornados

tornadoOs tornados são colunas de ar em rotação, com um enorme poder de destruição, capazes de criar ventos que atingem velocidades entre os 80 e os 500km/h. Podem acontecer um de cada vez ou ou vários ao mesmo tempo, em grandes áreas planas onde o desenvolvimento de tempestades é propício.

2. Terremotos

terremotoUm terremoto é criado pela libertação de energia da crosta terrestre que provoca ondas sísmicas. São medidos na escala de Richter, 3 é o nível mais baixo em que os sismos são praticamente imperceptíveis, e a partir de 7 para cima são sismos com grande grau de destruição. Na superfície os sismos manifestam-se como um tremor e deslocação de terra.

1. Furacão

furacaoFuracões, ciclones e tufões são nomes diferentes para o mesmo fenómeno, uma tempestade ciclónica que se forma sobre os oceanos. São causados pela evaporação da água do mar e a rotação da Terra faz com que a tempestade gire. Um furacão é declarado quando a sua massa atinge uma velocidade de vento superior a 120Km/h. O termo furacão usa-se para este fenómeno nos Oceanos Atlântico e Pacífico Este, Ciclone no Índico e Tufão no Pacífico Oeste.

 

Artigos Relacionados:

2012 em 10 imagens
10 animais que se extinguiram nos últimos 40 anos
Os 10 artistas mais influentes de 2013
10 locais abandonados no mundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

404